Novidades

Cyser – Hidromel de Maçã

Cyser-Hidromel de maçã

Salve galera! Nesse post vamos fazer uma receita de Cyser, um hidromel ou melomel muito famoso, principalmente nos EUA. O Cyser é um hidromel de maçã, no mosto vai o suco prensado de maçãs além do mel , podendo também ser carbonatado para ficar ao estilo espumante.

Algumas receitas de hidromel de maçã usam somente o suco extraído da maçã e nenhuma gota de água, a água usada é a que se encontrada no suco. No mosto é adicionado o suco,  mel, a levedura e outros ingredientes básico, mas na minha opinião e falando só por mim, acredito que fazendo assim, deixaria de ser hidromel e viraria uma sidra com mel. Para garantir que o produto seja um hidromel, as características do mel tem que predominar, ou seja, a base da receita  tem que ser a receita de um hidromel, usando o suco da maçã somente para complementar e agregar novos sabores e aromas ao produto. Portanto, vamos usar uma parte de água e outra de suco de maçã.

Outro motivo para usar água é o fato de ser bastante complicado extrair, por exemplo, 15 litros de suco de maçã, e onde moro o quilo da maçã não é nada barato.

Para extrair o suco da maçã eu construí uma prensa caseira, mas caso você não consiga construir uma prensa, você pode ralar a maçã e colocar em um pano e torcer com as mãos para extrair o máximo de suco possível.

Não vou abordar como se monta uma prensa, pois é extremamente fácil de se fazer, e só olhando pelas fotos já é possível ter uma ideia de como é.

Cyser - Hidromel de Maçã

Comprei um pouco mais de 3kg de maçã, depois ralei com um ralador de plástico, o que deu muito trabalho por sinal.

Depois de ralada coloquei o produto em um pano  limpo em água fervente.

Depois coloquei na prensa e prensei o máximo que pude. Acabei no processo perdendo um dos panos, pois não aguentaram a pressão e estouraram nos lados, então, se tiver um pano mais resistente eu recomendo que use.

Depois de prensar tudo e juntar o bagaço e tentar prensar novamente para extrair mais suco, deu para encher 3 garrafas de 750ml de suco, cerca de 2.25 Litros, mas isso vai depender muito da maçã e da forma de sua prensa.

Depois de retirar o máximo de suco possível, eu fiz uma pasteurização caseira do suco para evitar que leveduras inertes no suco atrapalhassem a fermentação, ou seja, a única levedura que eu quero que atue no mosto é a levedura que irei adicionar, no caso a EC-1118.

Só dei continuidade na preparação do hidromel no dia seguinte, então o suco ficou descansando um pouco mais de 14 horas fora da geladeira.

Agora com o suco pronto, podemos dar continuidade no hidromel.

Para essa receita de aproximadamente 15 litros eu usei.

2.25Litros de suco prensado de maçã.
10Litros de água mineral.
10g de Nutrientes
Irish Moss ressecado em casa.
Densidade inicial de 1.105
Mel (No mínimo 4kg, pois essa receita pode variar, vou explicar mais pra frente.)

Vamos colocar os 10 litros de água para esquentar. Junto colocamos também o suco de maçã que foi extraído.

Quando tiver perto dos 40ºC comece a adicionar o mel e com o densímetro confira se esta perto de chegar na densidade pretendida, eu não calculei quando de mel eu usei, apenas fui adicionando até chegar na densidade que eu queria, no caso densidade inicial  de 1.105, é bom ter sempre mel sobrando, para garantir que consiga chegar na densidade desejada já que não tem nenhum mel igual e a densidade da água com o suco vai variar de caso para caso.  Eu usei um mel quase todo cristalizado, eu comprei esse mel tem quase um ano e meio, tinha comprado 20kg nesse balde.

E importante ressaltar que a maioria dos densímetros são feitos para trabalhar na temperatura de 20 a 25ºC, saindo dessa faixa ele começa a não seguir mais a escala de medição, para isso, existe uma tabela de correção para temperatura, que vem junto com o densímetro, se no seu caso não tiver essa tabela, pegue uma amostra do mosto e espere a temperatura abaixar para 20ºC para fazer a medição.

Depois de adicionar o mel, deixe aquecer até aproximadamente 75ºC e mantenha essa temperatura por 10 minutos, assim você elimina qualquer outra cultura de leveduras presente no mosto e grande parte dos microrganismo indesejados, mas ao mesmo tempo preserva algumas característica do mel que serião perdidas ao ferver.

Nessa etapa você pode usar um pouco de irish moss, muita gente usa na segunda parte da fermentação ou no final, mas é possível usar na fase inicial e já ter um produto mais clarificado na primeira trasfega. Se o irish moss for preparado corretamente ele não passa gosto para o hidromel, nem interfere nos aromas.

Não recomendo o uso de irish moss sem antes dar uma lida mais aprofundada em suas características.

Deixe o mosto começar a esfriar, quando chegar perto dos 50ºC comece a fazer o reidratação da levedura. Aqueça 50ml de água à uma temperatura de 40 a 43ºC e adicione um pacote de levedura lalvin e misture bem, nessa receita estou usando a EC-1118. Deixe reidratar no mínimo 15 minutos.


Meça a temperatura do mosto, quando tiver entre 40 a 45ºC adicione 10g de nutrientes, se você tiver em casa. Agite bastante o mosto para oxigenar.


Adicione então a levedura já reidratada no mosto e agite bastante para oxigenar e levar oxigênio para as leveduras, esse contato inicial com oxigênio vai ajudar que se estabilizem e comecem a se reproduzir mais fácil.


Espere algumas horas para a temperatura se estabilizar com a temperatura ambiente e então coloque o airlock, lacre o fermentador e deixe fermentar em um lugar tranquilo, sem muita interferência e que tenha uma temperatura adequada à recomendada pelo estilo da levedura.


Quando se passar 4 semanas aproximadamente, efetue a primeira trasfega, remova todo o mosto para outro local, deixando para trás somente o produto decantado no fundo do fermentador e/ou em suspensão no mosto. Lave o balde ou coloque o mosto para fermentar em outro fermentador já limpo e deixe fermentar por mais 4 semanas.

Na primeira trasfega é recomendado fazer a medição do pH e fazer uma prova para saber o sabor e aroma e caso seja necessário fazer uma correção.

Repita o processo da trasfega quantas vezes for necessário até ter um produto mais límpido possível, espere um intervalo de 4 semanas entre uma trasfega e outra.

O tempo de fermentação do hidromel é de aproximadamente 3 meses, mas isso pode variar para mais ou para menos, dependendo da densidade e tipo de mel usado.

Se ficou com dúvidas sobre o processo de fabricação do Cyser, recomendo dar uma olhada antes nos outros tutoriais abaixo, tem mais informações e dicas mais detalhadas.

É isso galera, até a próxima!

Confira outros tutoriais:

Hidromel de Imbolc.
Tutorial – Hidromel Suave.
Melomel – Como fazer hidromel com frutas.
Tutorial – Fazendo Hidromel com Amoras.
Fazendo Hidromel Caseiro usando Leveduras Lalvin.
Tutorial – Fazendo Hidromel Caseiro.

The Compleat Meadmaker - Ken Schramm Yeast: The Practical Guide to Beer Fermentation Honey Wine, the Ancient Art of the Maeve How to Brew - John J. Palmer Brewing Classic Styles - Jamil Zainasheff & John J. Palmer

Sobre catrak

Fellipe Bastos (Catrak), 25 anos, natural de Belo Horizonte, estudante de Engenharia Elétrica e apaixonado pela cultura, música e culinária celta.

4 comentários

  1. Se tiver uma centrífuga, é bem mais simples para extrair o suco de maçã. 😉

    • Centrífuga tu quer dizer aquela maquina que tritura, faz sucos? Se for não é bom não. Vai gerar muito mais matéria para ser decantada no final, pois seu suco vai conter mais partículas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 

Scroll To Top
Pinterest